Solidão é pretensão de quem fica
escondido
Fazendo fita

11.5.10

Sua Fada madrinha libertina!

Me vem com esses encantos profanando meus ideais
Quero casa, marido e cereais pro café da matina
Mas daí me aparece você, toda faceira pela esquina
E me magia assim
De cabo a rabo
Em adrenalina
Menina livre e desimpedida
Cheia de idéias na vida
Trabalho, filho, cursos, coragem e academia
E tanta mente pra enfrentar com jeito decente
esse mundo cão que engole a gente
vez ou outras 
sem perdão.
Sua Fada madrinha libertina!
E eu que me achava vivida
Pé no chão
Seguidora convicta dos ensinamentos 'socila'
Dou de cara com você toda brilhante
Segura
Livre
Fascinante
Faíscas nos olhares mundanos
Com a varinha em riste
me apontando os enganos
E me fazendo majestade,
A rainha da minha própria vida.

3 comentários:

  1. Ahhhh, adorei a Fada madrinha libertina! Tentadora....

    beijocas, lindona!

    Teu blog é DEMAIS!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Daniela das estrelas! Venha mais vezes aqui...iluminar!

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Que lindo... delicioso de ler. Bjsss

    ResponderExcluir

Fale o que pensas... Ja que me olhas